O que é uma Bota Walker?

08-12-2017 11:01

Bota Walker

 

A Bota Walker é uma ortótese que adveio da necessidade de substituição do gesso nos membros inferiores, em alguns tratamentos em que o mesmo mostrava não resultar totalmente, ou até com efeitos secundários indesejáveis. 

 

gesso vs bota walker

 

Esta ortótese é indicada para:

  • lesões ou cirurgia do pé ou dedos do pé;
  • entorses do tornozelo de nível 1, 2 ou 3; 
  • fracturas estáveis ou fixadas internamente do pé ou do tornozelo;

 

Durante anos era usado gesso nestes casos, mas para além de ser bastante pesado, o gesso causa bastante fadiga e esforço aos músculos o que afecta a capacidade do paciente poder caminhar com o gesso durante a recuperação.

 

A utilização do gesso poderá ainda atrofiar a musculatura que envolve por imobilizar completamente o segmento onde foi colocado e impedindo assim que os músculos sejam exercitados o que poderá também prejudicar a circulação sanguínea e envolver um processo mais moroso de recuperação.

 

A bota Walker tambem designada de bota ortopédica ou de imobilizador de tornozelo, é feita em material plástico o que torna esta solução mais leve e prática sendo que uma das maiores vantagens em relação ao gesso é o facto de permitir que o utilizador a retire em situações pontuais em que é necessário fazê-lo, como por exemplo, durante a higiene diária ou para inspeção ou tratamento de feridas. 

 

É composta por uma sola que facilita a marcha do utilizador por ser em formato de “barco”, imobiliza o tornozelo a 90 graus para que apesar de ser exercida a carga não haja movimento no tornozelo ou pé que prejudique o alinhamento e a recuperação do osso fracturado ou das lesões que possam haver. Existe também o modelo articulado para situações especificas. Através de almofadas ou de um sistema de insuflação, conseguimos ajustar melhor a perna dentro da bota, para que não haja movimento e se mantenha a estabilização.

 

Bota Ortopédica Walker - imobilizador de tornozelo

 

Existem alguns tipos de bota walker, dependendo do objectivo será aconselhada a mais indicada.
 

 Bota Walker Fixa a 90º

 

A bota Walker Fixa a 90º é a mais prescrita e utilizada. Serve para os casos mais comuns de entorses, pós-operatórios e fraturas estáveis. Estabiliza a articulação tibiotársica a 90º mantendo toda a estrutura estável mas possibilitanto que o utente possa fazer carga no membro e caminhar. É constituida por um sistema de 3 ou 4 tiras de velcro para possibilitar um melhor ajuste. Para regular melhor a imobilização, os perimetros podem ser ajustados com almofadas que vem com a bota ou através de um sistema de insuflação.

 

Bota imobilizadora Walker fixa

  Bota Walker articulada

A bota Walker articulada, tem as mesmas funções que as anteriores mas vem com um sistema de articulação que permite, para certos casos, fazer um melhor acompanhamento da recuperação evolutiva do utente. Permite a regulção do angulo de artiulação, mantendo-o fixo ou fazendo o movimento parcial, até ao angulo pretendido. A flexão plantar é permitida nos 10º, 20º, 30º e 40º e a dorsal nos 20º e 10º. Pode ser utilizada tambem fixamente nos 90º como a anterior. 

 

Este tipo de bota é muito utilizada na recuperação da lesão do tendão de Aquiles

 

Bota articulada Walker

 

Mais uma vez, alertamos para o facto de que a boa utiização da bota requer o aconselhamento e adaptação por parte do profisional de saúde, pois uma má utilização e/ou adaptação pode prejudicar a sua recuperação.

 

Bota Walker curta ou Bota Walker alta?

 
Bota Walker curta
 

Usado principalmente no pós-operatório da cirurgia do pé, fraturas metatarsais e digitais e trauma dos tecidos moles do pé e tornozelo.

Conveniente para lesões não tão graves que não precisam de tanto apoio.

Bota Walker curta

 

Bota Walker alta

Usada em entorses graves do tornozelo, fraturas por stresse e fraturas ​​do pé ou tornozelo.

Utilizado no pós-operatório fornece apoio, proteção para além de permitir o suporte para imobilização da perna, em comparação com as botas curtas.

Ajuda a acelerar o processo de cicatrização e pode aliviar o pé nos estágios de suportar mais peso, após a lesão inicial.

Bota imobilizadora Walker alta

Bota com bomba de ar ou bota sem bomba ar?

Recurso da bomba de ar: através de uma bomba de insuflação de ar até à compressão necessária, aumenta a estabilização da lesão.

bota walker Air Cam - imobilizador de tornozelo imobilizador de tornozelo com bomba de aralivio de ar do imobilizador de tornozelo

 

Ajuda ao contornar a perna e reduz o movimento dentro da própria bota.

O inchaço pode ser acomodado usando compressão e elevação extras.

Ajuda ao contornar a perna e reduz a possiblidade de movimento dentro da própria bota.

É ligeiramente mais dispendiosa, mas ajuda a aumentar o conforto, durante a recuperação.

 

 

 

Conheça as várias opções e preços da bota walker

 

 

e/ou adaptação pode prejudicar a sua recuperação.Esta bota, tem as mesmas funções que as anteriores mas vem com um sistema de
articulação que permite, para certos casos, fazer um melhor acompanhamento da
recuperação evolutiva do utente. Permite a regulção do angulo de artiulação, mantendo-o
fixo ou fazendo o movimento parcial, até ao angulo pretendido. A flexão plantar é
permitida nos 10º, 20º, 30º e 40º e a dorsal nos 20º e 10º. Pode ser utilizada tambem
fixamente nos 90º como a anterior. Este tipo de bota é muito utilizada na recuperação da
lesão do tendão de Aquiles.
Mais uma vez, alertamos para o facto de que a boa utiização da bota requer o
aconselhamento e adaptação por parte do profisional de saúde, pois uma má utilização
e/ou adaptação pode prejudicar a sua recuperação.

Imobilizadores e estabilizadores de tornozelo

O que é uma Bota Walker?

Não foram encontrados comentários.

Novo comentário