Doenças Respiratórias

21-07-2020 20:56

O que são as Doenças Respiratórias?

São todas as doenças que interferem na função do sistema respiratório de:

  • Conduzir o oxigénio para o interior dos pulmões;
  • Transferir o oxigénio do ar para o sangue;
  • Expulsar o dióxido de carbono, uma das substâncias que o corpo produz e necessita de expelir.
 

Quais são os mais frequentes tipos de doença respiratória?

A doença respiratória divide-se em dois grupos principais:

  • Doenças respiratórias das vias aéreas superiores: Todas as doenças respiratórias que afetam o trato respiratório até à laringe
  • Doenças respiratórias das vias aéreas inferiores: Toda a doença respiratória que afeta as vias respiratórias depois da laringe
 
Doenças Respiratórias

 

 

Doenças das vias aéreas superiores

 

As doenças das vias aéreas mais frequentes são de origem infeciosa e inflamatória de entre as quais:

  • Rinite: É uma reação inflamatória da mucosa, que provoca um inchaço, relacionado com o aumento da concentração de sangue na mucosa nasal, esta acumulação poderá resultar na passagem da parte líquida do sangue para o exterior.
  • Sinusite: É o inchaço da parede dos seios nasais acompanhado do aumento da produção de muco, devido a um processo infecioso nos seios perinasais.
  • Adenoidites: Geralmente causada por um processo infecioso viral, que causa o aumento dos adenoides, que por consequência bloqueia a passagem de ar pelo nariz. É mais frequente em crianças.  
  • Amigdalites: Como as adenoidites também é normalmente desencadeada por uma infeção viral, causa um aumento das amígdalas. Também é frequente em crianças.
 

Doenças Vias Respiratórias

 

Doenças das vias aéreas inferiores

 

Doença pulmonar obstrutiva crónica

Existe uma obstrução que interfere com a saída de ar dos pulmões, ou seja, o ar entra normalmente, mas não consegue sair.

  • Umas das causas principais de doença pulmonar obstrutiva crónica é a expetoração, que funciona como uma válvula que permite a entrada de ar, mas não a sua saída.
  • Com a progressiva acumulação de ar nos pulmões a pressão do ar no interior dos pulmões aumenta e por consequência o fluxo de ar para o interior dos pulmões diminui.
 

As doenças pulmonares obstrutivas crónicas mais frequentes são:

  • Enfisema pulmonar: o aumento da pressão no alvéolo aumenta a sua dilatação, o que resulta na destruição das suas paredes, desta destruição forma-se uma bolha de ar a qual se chama de enfisema;
  • Asma bronquítica: É uma doença inflamatória, normalmente desencadeada por exposição a um agente alergénico, que causa um inchaço dos brônquios dificultando a passagem de ar.
 

Nos dois casos referidos anteriormente, é provável que o médico prescreva medicação como broncodilatadores e corticoides por via inalatória

  1. Para administrar esta medicação é necessário a utilização de um inalador ou de um nebuliz ador.
  2. A maior diferença entre os dois é que o inalador é mais fácil de transportar e é mais adequado para utilização rápida.
  3. Enquanto o nebulizador é mais apropriado para pessoas que têm dificuldade em cooperar durante a administração do medicamente ou crianças.

 

Nebulizadorinalador respiratório

      Nebulizador                                                                   Inalador              

 

 

Doenças pulmonares restritivas

São doenças que afetam a capacidade de deslocar o ar para o interior dos pulmões.

Podem ser causadas por:

  • Distúrbios da  capacidade funcional da caixa torácica;
  • Existir uma cicatriz no tecido pulmonar;
  • Doença neurológica que impede a expansão da caixa torácica
 

Doenças pulmonares restritivas profissionais:

 

As doenças profissionais mais frequentes são as pneumoconioses:

Estão relacionadas com a inalação de minerais sobre a forma de poeira, a qual provoca uma inflamação no local onde se instalam, fazendo com que o volume de ar expirado seja menor.

 

As doenças restritivas profissionais mais frequentes são:
  • Aloestose: Causada pela inalação de amianto;
  • Silicose: Causada pela inalação de sílica;
  • Perliose: Causada pela inalação de minerais utilizados em sistemas elétricos.
 

A doença pulmonar restritiva também pode ser ocasionada pela inalação de partículas orgânicas, como por exemplo através da inalação de partículas nas fezes de pombos, no entanto estas são menos frequentes.

 

Perturbações das trocas gasosas

É frequente em casos de pneumonia pulmonar, insuficiência cardíaca que causam a acumulação de líquido no pulmão.

Sendo que na pneumonia os alvéolos são preenchidos com expetoração e na insuficiência cardíaca os alvéolos são preenchidos por sangue.

Esta acumulação de líquido impede a passagem de oxigénio dos vasos para os alvéolos e dos alvéolos para os vasos.

  • Poderá ser-lhe recomendado por um profissional de saúde que verifique periodicamente a saturações de oxigénio recorrendo a um aparelho chamado oxímetro.
  • Em casos onde as saturações de oxigénio se encontram muito baixa poderá ser necessário a aspiração de secreções, no entanto esta deverá ser feita por um profissional de saúde habilitado para tal intervenção, como um enfermeiro ou um médico.

 

Aspirador de secreções  Oxímetro

      Aspiradores de secreções                                                 Oxímetros

 

Dependendo da  quantidade de líquido nos pulmões poderá ser-lhe recomendado por um profissional de saúde que faça a elevação da cabeceira da cama quando o utente se encontra em repouso, isto poderá ser feito com recurso a uma ou mais almofadas ou com uma cama articulada que possibilite a elevação do tronco.

 

 

 

Cama eletrónica articulada           Almofada ortopédica para dormir

 

     Camas eletrónicas articuladas                              Almofadas ortopédicas para dormir

 

 

Perturbações de perfusão

Nestes casos as trocas gasosas ocorrem de forma correta, mas se existir um coágulo num vaso, este pode impedir a passagem do sangue pelos pulmões, impossibilitando a trocas gasosas que ocorrem entre o sangue e os pulmões.

 

Considerações finais

 

A resistência ao cansaço físico é um fator de grande relevância, que afeta a saúde e o bem estar do doente respiratório, sendo assim poderá ser recomendado por profissionais de saúde que o doente reduza o esforço físico.

Existem vários dispositivos que podem facilitar a locomoção e mobilização do doente no decorrer das suas atividades quotidianas, como por exemplo:

 

Andarilho articulado e fixo  Cadeira de banho móvel

 

 Andarilhos articulados                        Cadeiras de banho                          

 

 

Tábua de transferência   Elevador de transferência

Tábuas de transferência                                   Elevadores de transferência                 

 

 

 

Bibliografia:

https://www.dgs.pt/documentos-e-publicacoes/programa-nacional-para-as-doencas-respiratorias-2012-2016-pdf.aspx

 

 

 

Doenças Respiratórias

Não foram encontrados comentários.

Novo comentário