Cadeiras de rodas elétricas (Qual a melhor opção?)

22-01-2018 11:44

Escolha de uma cadeira de rodas elétrica

      

Primeiramente, a opção de uma cadeira de rodas elétrica deve ser considerada ao invés da cadeira manual, em utilizadores que já não possuam mobilidade suficiente para fazer deambular a cadeira, ou em que a independência que pretendem ter está comprometida pela cadeira manual.

 

Esta análise é fundamental pois num utilizador com mobilidade nos braços, que utilize uma cadeira manual, vai deixar de movimentar todo o braço para passar a mover um pequeno comando ou joystick na mão. Acaba por ao longo do dia movimentar-se muito menos do que com a cadeira manual, reduzindo o tónus muscular.

 

É também importante considerar se a cadeira que vai adquirir é fácil de dobrar e transportar, especialmente se pretende levá-la consigo no carro ou se tem pouco espaço para a guardar.

 

As cadeiras de rodas elétricas possuem uma imensa variedade de extras e aplicações que podem ser acrescentados ou adaptados em função das necessidades do utilizador, por isso é sempre recomendado uma avaliação com um técnico especializado em mobilidade para se conseguir adequar o melhor modelo de cadeira em função dessas necessidades; apoios, assento, encosto ou comandos de controlo,  com o objetivo de garantir o máximo conforto e extrema segurança do utilizador.

 

1.  Perfil do utilizador

 

Cada utilizador é único, começando na sua estatura. As cadeiras de rodas possuem diferentes dimensões de assento para que o utilizador esteja o mais cómodo possível. Existem ainda cadeiras de rodas especialmente concebidas para utilizadores mais pesados (obesidade), em que todas as dimensões da cadeira são maiores, assim como a estrutura da mesma é mais robusta. 

 

Em casos de distrofia muscular ou paralisia cerebral, poderá haver a necessidade de adaptação de almofadas de posicionamento melhorando a postura do utilizador na cadeira, ou até mesmo proceder-se a confeção de um assento moldado às deformidades existentes, quando não existe hipótese de correção.

 

2.  Conhecer o Ambiente onde se destina a cadeira

Ambiente onde se destina a cadeira de rodas eletrica

micro scooter igo da Meyra    cadeiras de rodas elétricas Optimus da Meyra cadeira de rodas elétrica Inca da Orthos XXI

                        

iGo  Meyra®

 

Raio de rotação muito

curto (360 º)

Largura total: 58cm

               

Optimus 2 Meyra®

 

Ideal em pisos íngremes

e acidentados;

Grande autonomia.

                        

Inca Orthos XXI®

 

Compacta, leve e

Dobrável.

Fácil transporte

 

 

 

 

 

 

2.1 Cadeiras de rodas Interior

 

Para a escolha de uma cadeira de rodas elétrica, temos primeiramente em conta o utilizador, contudo na escolha de uma cadeira de interior as dimensões da casa são cruciais:

  • Em casas com pequenas dimensões, normalmente para a receção de um utilizador de cadeira de rodas há que repensar a disposição dos móveis, tornando o espaço mais amplo, além de que a passagem entre divisões com portas estreitas pode ser um grande desafio.
  • As cadeiras elétricas de interior, graças ao seu pequeno raio de rotação, permite que o utilizador num  reduzido espaço, manobrar a cadeira.
 

2.2 Cadeiras de rodas de exterior

 

As cadeira de rodas de exterior são concebidas de forma a proporcionar a maior mobilidade ao utilizador.

Preparadas para qualquer piso, com rodas de maior calibre e pneumáticas para absorção de impacto na condução em piso mais acidentado, têm também uma maior autonomia e velocidade quando comparadas com as de interior.

 

Consoante a utilização que se pretende dar a este tipo de cadeira existem vários extras que se podem incluir:

extras cadeiras de rodas elétricas

Alguns modelos podem possuir estes extras de serie ou terão de ser adicionados em função das necessidades do utilizador.

 

2.3 Cadeiras de rodas de Transporte

 

Cadeiras de rodas elétricas para transporte não requerem grande autonomia pois as distâncias a percorrer serão normalmente curtas, não se investe em muitos extras porque, além da sua curta utilização, os extras vão adicionar peso e ocupar espaço numa cadeira que se quer compacta e o mais simples para se poder dobrar para transporte.

 

Para o transporte, pode-se ainda pensar na hipótese da rampa para o carro, nestes casos a cadeira entra sem ser desmontada no carro, à chegada ao destino apenas se adapta as rampas para que a cadeira saia do carro pronta a utilizar.

Carro adaptado com rampa para cadeiras de rodas elétricas

 

A personalização quase total das cadeiras de rodas elétricas em função das necessidades do utilizador fazem com que a opção pela cadeira elétrica seja aquela que melhor se poderá adaptar.

Desde as características básicas que podem ser adaptadas: 
  • o assento, 
  • o tipo de encosto de cabeça, 
  • aos apoios de braços ajustáveis em altura
  • a posição dos patins de modo a utilizador ter a melhor postura.
 
Aos extras necessários à situação em que a cadeira irá circular: 
  • em interior com rodas maciças 
  • ou em estrada, no exterior como as rodas pneumáticas, 
  • o cinto de segurança, 
  • kit de luzes, 
  • rodas anti-volteio 
  • ou trepa passeios
 

Cada utilizador é único, portanto com a avaliação de um profissional que estude as suas rotinas e atividades da vida diária, se poderá fazer um aconselhamento único e que faça face a todas as necessidades, aumentando a autonomia do utilizador.

 

Conheça a nossa oferta e preços de cad eiras de rodas elétricas

Solicite a avaliação do nosso técnico de mobilidade e posicionamento

 

Cadeiras de rodas elétricas (Qual a melhor opção?)

Não foram encontrados comentários.

Novo comentário