O que é um Elevador de transferência?

01-01-2018 23:59

Elevadores ou gruas de transferência

 

Fazer a transferência de uma pessoa, da cama para uma cadeira de rodas, por exemplo, pode tornar-se uma tarefa bastante difícil. Quanto maior o grau de incapacidade e o peso da pessoa maior a dificuldade em passá-la de um sítio para o outro.

 

Para facilitar esta acção existem vários tipos de mecanismos auxiliares, que para além de terem este propósito de transferir os doentes de forma segura, também ajudam a proteger o cuidador ao limitar os esforços físicos contínuos que são muitas vezes causadores de lesões graves e crónicas.

 

Entre esses auxiliares de transferência estão os Elevadores de Transferência, muitas vezes chamados de gruas. Estes são os que garantem mais segurança para o paciente e também para os cuidadores, isto porque, dependendo do modelo, retiram a maior parte da carga que o cuidador teria de comportar sem este auxiliar.

 

Vantagens da utilização

 

 A utilização destes dispositivos traz imensas vantangens quer para o doente, quer para o cuidador:

  • Reduz o tempo das transferências;
  • Transferências mais confortaveis para ambos;
  • Promove estabilidade e segurança;
  • Menor risco de lesões ao cuidador;
  • Menor risco de queda do doente.
 

Os elevadores de transferência trazem sempre um genero de “cesta” (arnês) para ser colocado no doente, para fazer a transferencia o mais confortavel possivel. 

 

É muito importante, portanto, a escolha adequada do arnês, consoante a patologia e/ou o estado fisico do doente:

  • Deve-se ter em conta se é necessário apoio de cabeça (adequados a tetraplegia);

tetraplegia

  • Se um arnês dorso-lombar simples é suficiente (mais almofadado ou não);

arnês dorso-lombar simples

  • Se teremos que utilizar um arnês banda-tórax (para elevadores que fazem a verticalização).
  • Devem ter um interior acolchoado com faixas longitudinais para garantir o conforto e resistência;
  • Exite ainda a linha de banho em PVC lavável.( Para transferencias para o banho, p.e.)

 

arnês dorso-lombar pvc lavável

Exemplos de elevadores ou gruas 

 
Elevador de transferência Standard Electrica
 

Este tipo de grua é o mais utilizado, pela facilidade da parte electrica, o requer nenhum esforço por parte do cuidador. Podem vir num tamanho standard ou mais reduzido, para espaços mais pequenos, e também existe o modelo para utilizadores de maior peso.

Elevador ou grua de transferência Standard Electrica

  • Bastante espaço para o utilizador;
  • Possibilita uma transferência confortavel apartir de uma cama, cadeira ou chão;
  • A base da grua é composta por rodas duplas resistentes e travões nas duas traseiras;
  • A base abre-se através de uma alavanca para facilitar a entrada frontal com estabilidade e segurança;
  • O braço é movimentado por uma atuador elétrico que salvaguarda o utilizador e o cuidador;
  • Possui duas baterias que garantem o seu normal funcionamento em caso de falta de energia;
  • Em caso de ficar sem carga nas baterias, tem sempre a possibilidade de utiza-la manualmente;
  • É de facil utilização, pois possui um comando com botões para subir e descer;
  • Travão de emergência automático.
 
 
Elevador de transferencia hidraulico
 

Este tipo de grua é a chamada de grua manual. Sem motor electrico, a sua utilização é feita através de um sistema hidraulico.

 

Elevador ou grua de transferencia hidraulico ou manual

  • Caracteristicas fisicas iguais a anterior;
  • Sistema de “manivela” hidraulico para movimentar o elevador com pouco esforço;
  • Mais economico, mas implica sempre algum esforço por parte do cuidador.
 
 

Elevador ou Grua de Verticalização

 

Este elevador é muito utilizado quando temos pouco espaço para as outras opções mas o doente tem que ter alguma força motora nos membros inferiores, embora esteja praticamente suspenso com o arnês.

Elevador ou grua de Verticalização

  • Transferências feitas desde qualquer tipo de assento;
  • Ofereçe estabilidade e conforto na sua utilização;
  • Pouco esforço do doente e cuidador;
  • Divide-se em duas partes, para fácil arrumação;
  • De pequenas dimensões.

 

Este tipo de dispositivo é muito bem recebido pelos cuidadores e profissionais de saúde no geral. Embora requeira algum investimento, seria importante a presença deste tipo de dispositivos em Casas de Repouso e até em unidades hospitalares. De qualquer modo, é muito importante avaliar as necessidades do utilizador, e o aconselhamento de um profissional de saúde é imperativo.

 

Conheça todas as opções e preços dos elevadores de transferência

 

• Se teremos que utilizar um arnês banda-tórax (para elevadores que fazem a
verticalização).
• Devem ter um interior acolchoado com faixas longitudinais para garantir o conforto
e resistência;
• Exite ainda a linha de banho em PVC lavável.( Para transferencias para o banho,
p.e.)
Exemplos de elevadores
Elevador de

O que é um Elevador de transferência?

Não foram encontrados comentários.

Novo comentário