Cintas e Faixas de Maternidade

25-04-2016 22:11

Porquê utilizar cinta pré-parto durante a gestação?

 

Com o decorrer da gestação, à medida que a barriga cresce, a região lombar da futura mamã é sobrecarregada pelo pelo e pressão exercida pelo bebé.

O centro de gravidade desloca-se para a frente fazendo com que a curvatura fisiológica lombar se acentue sobrecarregando as vértebras lombares o que leva a dor e desconforto.

Cintas e Faixas de Maternidade

 

Os suportes de gravidez produzem um efeito de sustentação no sentido ascendente, isto é o material compressivo apenas será de apoio inferior de forma a não pressionar a barriga.

 

Esta sustentação apoia a região lombar recolhendo o centro de gravidade e reduzindo assim a sobrecarga das vértebras lombares.

 

O seu uso deve ser controlado e indicado pelo médico pois a cinta como qualquer contenção elástica irá fazer o trabalho dos músculos como tal, alguns especialistas defendem que o uso da cinta acaba por atrofiar a musculatura e dificultar a recuperação do tonus após o parto, portanto deve ser usada um determinado tempo por dia.

 

Consoante o conforto de cada grávida assim existe variadas opções de cintas ou faixas de gravidez:

  • Faixa ou cinto pré-parto

faixa pré partocinta pré partocinta lombar de grávida

Este tipo de suportes apenas sustentam a região lombar deixando liberto o gancho para que possa ser utilizada a roupa interior habitual e sem necessitar de despir a cinta nas idas à casa de banho. Poderão ser tubulares ou com aperto de velcro.

  • Cinta cueca pré-parto

Cinta cueca pré-parto

As cintas-cueca, pela sua configuração, para algumas grávidas, dão uma sensação de sustentação mais homogénea. Normalmente em algodão, tornam-se mais leves e macias  Esse tipo de cinta se ajusta ao corpo da mulher e o material em que são fabricadas, sendo mais ligeiro adapta-se ao crescimento apoiando toda a barriga sem comprimir.

 

O inicio de utilização da cinta depende da constituição física da gestante, se o ganho de peso e o aumento de perímetro for gradual numa mulher, caso não haja queixas lombares antes, a utilização poderá ser apenas a partir dos 5 meses devido ao crescimento já atingido. 

 

Cintas Pós Parto

Cintas Pós PartoCamisolas Pré e Pós Parto
 

Após o parto, a pele e os músculos do abdómen encontram-se distendidos e levam o seu tempo a recuperar, mesmo algumas semanas depois, ainda parecerá que tem 'barriga de grávida'. Para reduzir um pouco o volume e ajudar a que o útero esteja bem contraído e volte ao seu tamanho original existem as cintas de pós parto.

 

A utilização destas cintas, ao contrário das cintas de gestantes anteriormente mencionadas, requerem uma utilização mais esporádica uma vez que apenas têm o propósito de comprimir os músculos numa fase em que devem ser exercitados para recuperar a silhueta.  Isto é, a função dos músculos abdominais é sustentar os órgãos do abdómen, se existe uma cinta que “trabalhe” pelos músculos, estes vão exercitando cada vez menos tornando-se mais flácidos.

 

Em casos mais específicos, como o da  cesariana, aconselha-se a utilização de cinta  para sustentar os pontos da cirurgia, poder-se-à optar pelas cintas pós-parto de faixa para que a ferida possa ser arejada e cicatrizar corretamente.

 

Portanto a cinta-pós parto deverá ser utilizada apenas nos primeiros tempos após o parto ou em caso em que a mãe sinta algum desconforto ou dor em andar sem sustentação na região abdominal, ou por conselho médico.

 

A recuperação muscular no período pós-parto é lenta, recomenda-se para a tonificação muscular a prática de exercício físico de forma moderada e acompanhada de forma a não impedir o funcionamento da musculatura abdominal e fortalecendo-a.

 

Os melhores preços para cintas e faixas pré e  pós parto

 

Cintas e Faixas de Maternidade

Não foram encontrados comentários.

Novo comentário