O que é uma Hérnia Discal?

24-12-2016 23:51

Hérnias Discais 

 

As hérnias discais consistem numa desordem músculo-esquelética, sendo bastante comuns e frequentes. Este tipo de patologia caracteriza-se pela rotura do anel fibroso, parte que integra o disco intervertebral, isto é, o disco intervertebral tem capacidade elástica para alterar a sua espessura, a fim de absorver e suportar as cargas, sendo composto por um anel que contém internamente uma substância gelatinosa, que em caso de aplicação de cargas excessivas, pode levar à rutura das fibras no interior do anel, conduzindo ao aparecimento das chamadas hérnias discais.

 

Há três segmentos distintos da coluna vertebral onde pode ocorrer uma hérnia discal:

 

– Região Cervical: entre as vértebras na zona do pescoço;

– Região Torácica: entre as vértebras do tórax;

– Região Lombar: entre as vértebras na região inferior da coluna.

 

As hérnias discais mais comuns são as da região lombar, sendo raras as da região torácica, contribuindo estas para apenas 1 em cada 200 a 400 casos de hérnias discais.

 

Este tipo de Patologia ocorre com maior frequência em indivíduos entre os 30 e os 50 anos de idade, embora também se possa manifestar em outras faixas etárias. Estima-se que 2 a 3 % da população sofram desta Patologia, cuja prevalência é de 4,8% nos Homens e 2,5% nas Mulheres, acima dos 35 anos de idade. A idade média para o aparecimento da primeira incidência é aproximadamente aos 37 anos, sendo que em 76% dos casos já existiu crises lombares anteriormente.

 

A sintomatologia associada a este tipo de Patologia centra-se em dores intensas, dificuldade na locomoção e dores agudas na percussão das vértebras lombares. Para este tipo de patologia existem dois tipos de tratamento: o cirúrgico e o conservador. 

 

O tratamento conservador, vai proporcionar ao paciente a imobilização total ou parcial da região lesada, e é feito essencialmente através da utilização de ortóteses de coluna indicadas para este tipo de patologia, das quais a nossa Ortopedia dispõe de uma ampla e variada gama, apresentada em seguida. Sendo então as hérnias discais, a principal patologia que leva à cirurgia da coluna em adultos, este tipo de tratamento que oferecemos torna-se fulcral, uma vez que, poderá assim evitar o procedimento cirúrgico, em casos em que seja diagnosticada a patologia precocemente e em tratamento conservador seja considerado viável.

 

 A utilização deste tipo de dispositivos pode ainda ser conjugada com a manipulação da zona lesionada, com um programa de atividade física especifico e analgésicos e anti-inflamatórios para alívio da dor.

 

Fundamentação baseada em autores como Lobo Antunes, 2011; Negrelli, 2001; Pereira de Macedo, 2011; Vialle et al., 2010;

 

Ortóteses de tronco que aconselhamos para o tratamento deste tipo de patologia:

 

Cinta Sacrolombar semi-rígida – Evotec(R), disponível em versão curta e versão alta

Módulo Dorsolombar Evotec(R) ref: EV-203 (Bege) e ref: EV-303 (Preto):

Cinta Sacrolombar semi-rígida curta, cerca de 26 cm de altura ref: EV-200

Cinta Sacrolombar semi-rígida alta, cerca de 30 cm de altura ref: EV-201

Faixa Elástica Semi Rígida Sacrolombar – Lumbriton(R) Elite Duo, disponível em versão normal e versão curta :

Cinta Sacrolombar semi-rígida normal, cerca de 26 cm de altura ref: LTG-305

Cinta Sacrolombar sem-rígida curta, cerca de 21 cm de altura ref: LTG-375

 

 

Ortóteses que aconselhamos para o tratamento deste tipo de patologia e que se encontram
disponíveis na nossa Ortopedia:
1. Cinta Sacrolombar semi-rígida – Evotec(R), disponível em versão curta e versão alta :

Tópico: O que é uma Hérnia Discal?

Não foram encontrados comentários.

Novo comentário